Muralistas participam de evento organizado pelas Chicas Poderosas sobre Fact checking

De 8 a 10 de março, quatro correspondentes da Agência Mural participaram do evento “Inclusão, cidadania e gênero”, parte do programa “Investigative Program”, das Chicas Poderosas.

Com o objetivo de aumentar o número de mulheres jornalistas usando tecnologia em suas investigações, o projeto está sendo desenvolvido em países da América Latina que terão eleição neste ano: Brasil, Colômbia, Costa Rica, México e Peru.

Durante o encontro foram realizados workshops sobre checagem de notícias falsas (Fact checking) durante as eleições.

As muralistas Aline Kátia (Jova Rural), Júlia Reis (Taboão da Serra), Kátia Flora (São Bernardo do Campo) e Priscila Pacheco (Grajaú) participaram dos painéis Fact checking, Mulheres em Tech e Inclusão, cidadania e gênero na política brasileira e do workshop Fact checking ministrado pela jornalista Cristina Tardaguila, da Lupa.

Mural_Chicas
Priscila Pacheco conta que no sábado (10) aconteceu o hackathon, e que para a atividade formou uma equipe com cinco mulheres e três homens da cidade de São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas, que atuam nas áreas debcinema, design, jornalismo e programação.

“O nosso grupo apresentou um protótipo e venceu o hackathon por ter feito um plugin que nomeamos como “Peraí”, uma iniciativa que busca conter a propagação de notícias falsas sobre temas eleitorais nas redes sociais brasileiras”, explica.

Como premiação, a equipe vai receber uma orientação das Chicas para desenvolver o projeto.

Leave a Reply