Novo Mapa da Desigualdade é divulgado nesta terça-feira

Hoje (24), a Rede Nossa São Paulo divulgou o Mapa da Desigualdade 2017, durante evento na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). O encontro contou com a presença do coordenador-geral da Rede Nossa São Paulo, Jorge Abrahão, José Luiz Adeve, o Cometa, da Fundação Tide Setúbal, Rafael Georges, da Oxfam Brasil, e Lívia Lima, integrante da Agência Mural e do Coletivo Nós, mulheres da periferia.

O novo Mapa da Desigualdade da Cidade de São Paulo além de revelar que a capital paulista está longe de acabar com os “zeros” em equipamentos públicos nas regiões socialmente mais vulneráveis, também apresentou caminhos para a redução da desigualdade, por meio de medidas do poder público, sociedade civil e setor empresarial.

Entre as medidas estão: inverter as prioridades para o investimento público na cidade; promover políticas para a geração de oportunidades para as mulheres e jovens; garantir o acesso à justiça para a promoção dos direitos básicos e assegurar o direito à cidade a toda a população; desenvolver mecanismos eficientes de transparência e participação popular; e reduzir as desigualdades salariais nas empresas.

A muralista Lívia Lima, destacou a relevância dos dados e fez um alerta.

“Os dados são importantes para entender a dinâmica da cidade, mas eles não podem se bastar em si mesmos, já que estamos falando de pessoas”, afirma.

mapa_desigualdade

Leave a Reply